Buscar
  • arvense

Educação alimentar infantil: como introduzir alimentos saudáveis sem estresse

Só quem convive com crianças sabe o quão difícil pode ser introduzir alimentos saudáveis na rotina alimentar delas. Ainda assim, é fundamental que os adultos acompanhem tudo o que elas consomem e procurem maneiras diferentes de criar hábitos equilibrados, afinal, é desde cedo que se aprende! A palavra-chave aqui não é dieta, é educação alimentar. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade infantil já atinge 15% dos brasileirinhos. Cuidar da rotina alimentar das crianças e da construção de hábitos saudáveis é uma medida preventiva para que elas não sofram com problemas de peso e de saúde.

O ideal é sempre oferecer alimentos novos, sem forçar e sem fazer trocas por recompensas, como, por exemplo: "se você comer brócolis, deixo você jogar videogame." Usar um discurso mais leve e divertido, brincar com a criança e fazer relação com coisas que ela gosta, pode ser a garantia de refeições sem brigas e sem muito estresse. É importante cuidar da emoção da criança para que ela construa uma relação positiva com o ato de se alimentar , sem ansiedade e nervosismo.


A família é a peça mais importante na educação alimentar de uma criança. É preciso incentivar e promover uma alimentação saudável com os costumes que todo mundo tem em casa. Outro segredo é começar uma boa alimentação quando ainda são bebês, moldando assim o paladar deles para aceitar legumes e frutas. Além de proporcionar um sistema imunológico mais forte e um corpo nutrido, comer bastante vegetais vai prevenir um dos problemas que tem sido cada vez mais preocupantes na infância: a obesidade.





Veja como incentivar, de maneira criativa, o consumo de frutas na rotina alimentar das crianças:


1 - Saladinha


Salada de frutas não sai de moda e é uma ótima oportunidade para a criança experimentar novas frutas junto com as frutas que ela já gosta.


2 - Frutas e amigos


Depois de passar uma tarde inteira brincando com os amigos, ofereça para as crianças frutas variadas. Os pequenos costumam ser incentivados uns pelos outros a provar alimentos diferentes.


3 - Liberdade para experimentar


O paladar é muito importante na hora de experimentar uma fruta, mas os outros sentidos também contam. Deixe seu filho sentir a textura das frutas, os aromas, ver os diferentes formatos e tamanhos. Busque apresentar a fruta in-natura antes de oferecê-la picada e descascada. Se possível, leve as crianças para conhecer árvores frutíferas e colher algumas frutas!


4 - Apresentações diferentes


Melancia, melão e mamão são ótimas opções para fazer bolinhas com um boleador. Você pode servir em casquinhas de sorvete.


5 - Formatos variados


Já que estamos falando de formatos variados, que tal usar cortadores de biscoitos para moldar as frutas? A melancia e o melão são perfeitos!


6 - Picolés


Melancia em forma de triângulo e banana sem casca no palito tornam-se sorvetes divertidos que vão atrair as crianças. Dica: deixe a banana no congelador por alguns minutos para virar um sorvetinho.


7 - Tortinhas


Use massas prontas para criar uma diferente torta de frutas. Basta colocar as frutas de sua preferência e servir com iogurte, mel ou sorvete.


8 - Vamos à feira?


Leve as crianças à feira e ao supermercado também. Peça a ajuda delas para escolherem as frutas que levarão para casa. Procure pelas frutas da estação e dê preferência às orgânicas, ela são mais saudáveis!






45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo